QUEM SOU

Minha foto
São Paulo, SP, Brazil
MA FERREIRA, mulher, mãe, esposa, pedagoga por formaçao, ceramista de coração. Amante da vida e das artes. Acredito que somos a mudança que queremos no mundo. Sou uma pessoa que acredita nas pessoas e na construção de um mundo melhor. Acredito que cada pessoa está onde deveria estar. Acredito que estamos na terra para evoluir. Acredito que o ser é muito melhor que o ter. Acredito numa força divina. DEUS!!!

Seguidores

BLOGS QUE PARTICIPO

  • www.mdfbf.blogspot.com
  • www.ceramicaconteporaneabrasileira.blogspot.com
  • contato: mdfbf@uol.com.br

domingo, 31 de julho de 2011

PORQUE PELA FRESTA SE É DIA DE ANIVERSÁRIO?


Vídeo Galeria


                                                      Vídeo Galeria

Visitem minha galeria virtual!!! Obrigada Cris.. Obrigada Kamba!!
Estes videos ficaram lindos!! As musicas, as imagens... Obrigada!!





Olá meus queridos amigos!!
Hoje é dia do meu aniversário. Meu presente eu ganhei  diluido nestes doze meses que antecederam ao dia de hoje. Ganhei amigos, ganhei saúde, ganhei o amor de minha família, ganhei valorização da minha arte. Só tenho a agradecer a Deus por estar comigo em todos esses momentos, me dando ferramentas para seguir em frente, SEMPRE!!


Os dois videos postados acima, uma galeria virtual de minhas postagens foi um carinho que ganhei de meus queridos Vino e Cris. Vino, Kamba angolano que mora em Portugal, -  http://www.vinoartes.blogspot.com/ e Cris, http://sou-da-cris.nets.at/ esta lindeza de gente, que mora em Viena. Vino, Cris..obrigada por fazerem parte do meu convívio, longe dos olhos mas perto do coração.


Eu tinha postado um poema do Carlos Drummond de Andrade.
Peço desculpa a ele pela minha deselegância, mas resolvi postar um  poema que acabei de ganhar do Rodolfo Barcellos, http://seteramos.blogspot.com/
Rodolfo..você consegue me deixar sem palavras...


Clique na imagem para vê-la ampliada
A DATA:
Ao fechar-se o mês de nome do romano
Que impávido cruzou o Rubicão
E à sorte o grande Império italiano
Conquistou e governou com retidão;


O SIGNO:
Quando Régulus hesita em seu brilhar
Por Apolo estar na cova do Leão,
Reunindo Terra, Água, Fogo e Ar
Em obras-primas feitas por tua mão,


A FESTA:
Que hajam festas e sorrisos de alegria
Nesta data luminosa, alvissareira,
Pois que hoje festejamos o teu dia.


A PESSOA:
Ó tu, mãe, mulher, artista por inteira, 
Bela deusa, que do barro a arte cria,
Recebe hoje nosso preito, Ma Ferreira!

     Niterói, 31 de julho de 2011
     Rodolfo Barcellos


Com carinho,
Ma Ferreira

sexta-feira, 29 de julho de 2011

AFRICA, RAINHA MÃE!!


 Obra  do artista do artista plástico Vino Morais ( http://www.vinoartes.blogspot.com/ ), meu querido amigo,  que gentilmente me cedeu a imagem para que eu executasse a peça abaixo. 
Kamba..obrigada!!



Confeccionei esta peça em argila creme. Queimei em baixa temperatura. Gostei imensamente do resultado. Espero que tenham gostado.
Ma Ferreira


O meu carinho a Mãe Africa.





A FLOR DA CHUVA...

... e a flor da chuva no capim
tem mais perfume

abertas bem abertas estão as mãos
para abraçar esta manhã sem nuvens

ontem (ñ importa já o pôr-do-sol nas buganvílias)
ontem (murchas estão agora as flores
das coisas que eram coisas nada mais)
ontem havia medo até no caminhar das rolas sobre a areia.

A poesia de hoje é a voz do povo
todo o mundo  o mundo até de algum silêncio persistente
quer romper a mancha que da noite inda nos fala.

Oh admirável sangue a pulsar em cada estrela
o sol é negro e ilumina
a imensidão deste perfume
que nos traz a flor da chuva

o sol é negro e brilha dos vulcões
de cada peito independente.

Madrugada de fevereiro.

Sou angolano!

(Poesia com Armas/70) 

Costa Andrade


Ps.: Francisco Fernando da Costa Andrade ou simplesmente Costa Andrade, também conhecido por Ndunduma wé Lépi, nome de guerra adoptado nos tempos da guerrilha no Leste de Angola, durante os idos anos 60 e 70, é natural do Lépi, localidade situada na atual província Huambo, onde nasceu há 64 anos, em 1936, portanto. Fez os estudos primários e liceais na cidade do Huambo e Lubango.

Por razões que se prendiam com a falta de universidades ou outras escolas superiores na Angola colonial, como acontecia na generalidade com os jovens da sua geração, Costa Andrade encontrava-se em Portugal, nas décadas de 40 e 50, com o objectivo de, em Lisboa, realizar estudos de Arquitectura.Com Carlos Ervedosa, foi editor da Colecção Autores Ultramarinos da Casa dos Estudantes do Império, que desempenhou um papel decisivo na divulgação das literaturas africanas de língua portuguesa, especialmente da literatura angolana.


Por Ma Ferreira




quarta-feira, 27 de julho de 2011

UM SONHO QUE SE REALIZA!! POR MA FERREIRA




PEÇA SELECIONADA PARA FAZER PARTE DO ACERVO DO MUSEO DO INSTITUTO SANBAO DE ARTE CERÂMICA, NA CIDADE DE JINDZHEN, NA CHINA.


" Tenho um pouco de criança na minha alma de gente grande"
  Ma Ferreira

Queridos Amigos.  Proponho a vocês que façam um exercício e se coloquem no meu lugar para terem a dimensão da alegria que estou sentindo em compartilhar esta bela noticia.


ESTOU TENDO A HONRA DE SABER QUE UMA OBRA MINHA FOI SELECIONADA PARA PARTICIPAR DO ACERVO FIXO DO MUSEO DO INSTITUTO SANBAO DE ARTE CERÂMICA, NA CIDADE DE JINDZHEN, NA CHINA.

Recebi a noticia já a alguns dias. Esperei que minha peça lá chegasse ( e chegou, intacta ) e em respeito aos organizadores e aos outros artistas selecionados ( eu ainda não sei quem são, mas assim que receber a informação, eu prometo contar a vocês ),  ESTOU DIVULGANDO HOJE.


Pois bem, ontem a noite, enquanto eu fazia a postagem anterior a esta, recebi um e-mail me dando o sinal verde e a autorização para fazer a divulgação.

Em 09 de maio desde ano, no blog www.rainhaso.blogspot.com, tinha a seguinte informação:


Todos os anos no mês de outubro acontece na cidade de Jingdezhen na China a Feira Internacional de Cerâmica. O evento é considerado um dos mais importantes da China voltado à cerâmica, a feira abrange as diversas áreas e segmentos da indústria, arte e artesanato cerâmico.
No que diz respeito à cerâmica artística, varias galerias e ateliês promovem exposições criando diversos eventos paralelos.
O Instituto Sanbao de Arte Cerâmica pretende ate o final de setembro terminar as obras de construção de seu Museu, o nome ainda não foi definido, porem já está confirmado que se destina à exposição de obras de cerâmica artística contemporânea internacional.
Segundo Li Jiansheng, Diretor do Instituto Sanbao, o museu deverá ser inaugurado durante a Feira Internacional.


Como Diretor do Atelier do Instituto Sanbao, Sebastião Pimenta está incumbido de divulgar e convidar ceramistas para expor seus trabalhos no Museu.
Para participar o ceramista deverá enviar fotos de 3 obras e um mini currículo. A obra selecionada será doada ao Museu e fará parte do acervo em uma exposição permanente. Poderá eventualmente participar de outras exposições dentro do território chinês.



Segundo Pimenta, a importância da participação de brasileiros nesta mostra internacional servira para consolidar e divulgar a nossa arte,não só na China, mas em todo o Mundo, uma vez que o Instituto Sanbao é referencia internacional para pesquisadores e ceramistas de diversos países. São inúmeros os ceramistas que freqüentam o local durante todo o ano e poucos tem conhecimento do que vem sendo feito no Brasil.
O Instituto não conta com recursos para aquisição de obras, por este motivo contamos com as doações das obras. Segundo um levantamento preliminar feito por Pimenta, hoje o acervo é de 517 obras de ceramistas de diversos países e somente 9 são brasileiros.

o museu já esta em fase final e sua inauguração prevista para outubro durante a Feira Internacional de Cerâmica. Consta de dois pavilhões interligados, uma casa de madeira da Dinastia Ming e uma construção de concreto e vidro em dois pavimentos.


Pois bem.. eu me inscrevi, e uma de minhas obras foi selecionada.


Convido a  entrarem no blog do instituto: www.Sanbaostudio.blog.com.


Lá vocês terão acesso a todas as informações sobre o museo. Visitem. Lá vocês terão uma noção
da proporção do evento, localização, datas.


É muito mais que um sonho realizado.


Agradeço imensamente a Sonia do blog http://rainhaso.blogspot.com, que tão carinhosamente mantém seu blog atualizado com informações do mundo das artes, principalmente de eventos relacionados ao mundo cerâmico. Foi através dele que tive acesso as informações que me permitiram que este sonho fosse realizado.

E  ao INSTITUTO  SANBAO DE ARTE CERÂMICA, na pessoa do Srs.  Li Jianshenge e Sebastião Pimenta,  Diretores do Atelier do Instituto Sanbao o meu mais profundo agradecimento.


Me sinto muito mais que honrada em participar com minha arte e parabenizo aos demais amigos que juntamente comigo estarão com suas obras fazendo parte do acervo fixo deste tão importante Museo do Instituto Sanbao de Arte Ceramica.


A postagem anterior a esta eu considero uma das mais interessantes que já fiz. Gostaria de te-la deixado por mais tempo no ar. Mas queria compartilhar esta noticia.

Convido-os
http://mdfbf.blogspot.com/2011/07/viva-nasceu.html


Com Carinho,





















VIVA!!! NASCEU!!!

Amigos,






Recomecei minhas aulas de torno. Estava com saudades de colocar a mão no barro. Fui muito bem recebida por ele. Ele é meu amigo. Se eu estou bem, ele reage lindamente. Obedece a todos os meus comandos. Mas quando por algum motivo eu estou triste ele faz "beicinho" e não me obedece.
Estávamos felizes, Eu e ELE. Portando ele se comportou lindamente.
O uso do torno em cerâmica é um dos métodos para a confecção de uma peça redonha.
O primeiro passo é amassar o barro ( a argila ). Para que?
Para que não surjam bolhas. Com bolhas o resultado fica comprometido e muito. Na hora da queima, muito provavelmente a peça trinca ou se quebra. Dai a importancia de barro bem amassado.


Estando o barro amassado, eu preciso centraliza-lo no torno. Para mim é a etapa mais difícil.

Estando com o barro centralizado ( argila ), eu começo a confecção da minha peça, conforme a imagem abaixo.

EU!!! Foto tirada hoje, durante minha aula de torno.


Uma das cenas mais linda que já vi no cinema!!

Durande este processo eu vou dando a forma desejada a peça. Ora subindo, ora alargando a peça,
já que neste caso a minha idéia era confecção de um bowl ( tigela ).




Abaixo a peça confeccionada.
Agora ele deverá ficar de 4 a 5 dias para secagem.
Após este processo ela vai ao forno para sua primeira queima.
Eu nomeio esta peça queimada pela primeira vez, de "biscoito".
Saindo do forno, depois de estar fria eu posso começar com o processo de esmaltação (pintura) da peça.
Depois de esmaltada a peça volta ao forno novamente.



Abaixo o exemplo de uma peça esmaltada e com a segunda queima ja efetuada.


Espero ter conseguido explicar. Este é um dos métodos entre outros existentes.
Deixo claro que é a minha maneira de fazer.

Estes comentários vocês meus seguidores são uma postagem a parte!!

Me surpreendo com a inteligencia e criatividade.

Abaixo um comentário do querido André Martin ( http://mesdre.blogspot.com/ )que cabe lindamente nest post. Comentario este deixado na minha postagem anterior, onde ele interpretou o efeito na pintura da peca , uma lava, de vulcao. Querem dar boas risadas com postagens hilárias e inteligentes? http://mesdre.blogspot.com/


Andre Martin disse...


A peça lembra um rio de lava.
A lava pesa.
Peça a peça leve.
Pega a peça e leve.
Leva a peça e lava?
hahaha eu me rio...
Leva a mal não, tá?
Se tacar a mão, peca.
Se lavar a mão, passa.
A lava pega fogo.
E esse jogo?
Logo pela peça?
Ah... me embolei todo!



ps. observem na primeira linha onde ele diz rio de lava ele se refere como um rio de lava (substantivo) de vulcao.

Exagerei nas explicações? Ah..sou exagerada..procuro me conter..mas...

Por

terça-feira, 26 de julho de 2011

" UM SHOW DE BOLA!!"

Peça tornada em argila creme. Queimei a 980 graus ( baixa temperatura )

Amigos, aos que não conheçe quero lhes apresentar um novo amigo. André Mansim, do Blog
amansim.blogspot.com.
Cronicas leves, engraçadas e cativantes. Meninas.. não se assanhem.. como ele mesmo se descreve: Sou bonito, mas sou casado!!
E com vocês.. tan..tantan.. o Show de Bola.. de Andre Mansim!!


E o show vai começar ...
Abrem-se as cortinas .
O publico está ali ... Esperando ...
As luzes ? Ok !
O som ? Ok !
Um ... dois ... três , testando .
Um ... dois três , testando .
Um ... dois ...
As luzes ?
O som ? Ok !!!
Respeitavel público ... E agora com vocês , o mais espetacular show da terra !
Os risos ... Os olhares ... Os dentes à mostra !
Alegria , alegria !
Vamos sorrir .
Respeitavel público ... E agora com vocês , o show !!!
O show da vida !
O palco é a sua vida , o público é você , a bilheteria é a sua sorte ou o seu azar , o roteiro é você quem escreve , baseado num enredo sugerido por Deus ... Atores convidados : Seu pai , sua mãe , seus amigos , seus inimigos , e mais alguns figurantes contratados de ùltima hora .
E o show vai começar ...
Ela se contorce de dor , o homem de branco repete insistentemente : _ Força ... força ... Vamos você póde , força !
E o show vai começar ...
Ela se contorce de dor , e o show está começando , está dilatando , está despontando , está sangrando , está ... está ...
Luzes ? Ok !
Som ? Ok !
Umas palmadas na bunda !
Um choro anuncia .
Um choro anuncia .
Um choro anuncia o começo de mais um show !!!!
O show começou !
Ela sorri , ela é a mãe !
Ele sorri , ele é o pai !
Todos batem palmas ... É o show .
O show da vida .
Respeitável público , aqui agora , tem inicio o show mais espetacular da terra ... O ator acabou de nascer , o ator principal de seu show , mas o ator coadjuvante do show do seu pai , e de sua mãe , e do seu médico , e da enfermeira ... e ... enfim , somos um emaranhado de shows , que vem e que vão , com público ou não !!!
Você é o ator e ao mesmo tempo o “ videspectador “ ...
Luzes ? Ok !
Som ? Ok !
Um , dois , três ... Começou !!!!!


Por Ma Ferreira

segunda-feira, 25 de julho de 2011

SURPRESA: SIMPLICIDADE!!

Peguei a "receita" de como montar esta fonte no Google. Usei uma bombinha de aquário e bambu
para fazer escorrer a água.
Gostaram da surpresa?


Gostaram da surpresa?

"a alegria da vida está na leveza e na simplicidade" ( frase tirada do livro Reencontro com Você, Julia Blanque ).
Ps. conheci a Julia no Congresso. Ela gentimente me enviou um livro autografado. Ebba!!



VAMOS AO SORTEIO REFERENTE A COMEMORAÇÃO DOS DUZENTOS SEGUIDORES? http://mdfbf.blogspot.com/2011/07/yupi-ebbba-uhull-feliz.html

A regra é clara: Texto colocado na postagem acima: " Vou sortear um colar feito por mim e um brinco feito pela minha querida Priscila, colar e brinco de ceramica. Concorrerão no sorteio cada seguidor que deixar um comentário.
Por ordem ..primeiro comentário, segundo, etc..cada um terá um numero. Irei comunicar o numero de cada um e o dia do sorteio. Serão validos os cincoenta primeiros comentários. Cada seguidor só poderá postar um comentario neste post. Então os numeros serão de um a 50.
Só vale para comentarios neste post e se a pessoa for meu seguidor/a. Estou definindo a melhor maneira para este sorteio e o dia. Duvidas me escrevam: mdfbf@uol.com.br. Aceito sugestões de como viabilizar este sorteio. A entrega sera pelo correio, sem custos."

Complementei:
"PS. ACABEI DE VER OS COMENTARIOS E JÁ SE PASSARAM DE CINCOENTA. VOU FAZER ASSIM.. VOU SORTEAR
MAIS UM CONJUNTO DE BRINCO E COLAR. OS SEGUIDORES QUE NÃO COMENTARAM AINDA PODEM FAZE-LO. DUAS PESSOAS SERÃO SORTEADAS E CADA UMA IRÁ GANHAR UM CONJUNTO. DÚVIDAS ME ENVIEM UM EMAIL. A FORMA DE SORTEIO: ACREDITO SER MELHOR PELA LOTERIA FEDERAL. INFORMO DIREITINHO SE SERA ESTE MESMO O CRITÉRIO E A DATA. SERÃO VÁLIDOS OS COMENTÁRIOS DE SEGUIDORES QUE O FIZEREM ATÉ 06/07/2011, IMPRETERIVELMENTE."

O SORTEIO SERÁ PELA LOTERIA FEDERAL DO DIA 30/07/2011 -

SERÁ VÁLIDO A DEZENA DO PRIMEIRO E SEGUNDO PREMIO. INDO DO PRIMEIRO AO QUINTO. SE NÃO SAIR NO PRIMEIRO PREMIO, VAMOS AO SEGUNDO..ASSIM SUCESSIVAMENTE ATÉ O QUINTO.
CASO NÃO SAIA, ELIMINO A UNIDADE DO PRIMEIRO NUMERO .. E VERIFICO A DEZENA FORMADA..SAINDO O PRIMEIRO VAMOS AO SEGUNDO OK? SE AINDA ASSIM NÃO SAIR, O QUE É POUCO PROVÁVEL..ELIMINO A DEZENA DO PRIMEIRO. ASSIM SUCESSIVAMENTE. QUALQUER DUVIDA DEIXEM EM COMENTÁRIOS OU NO MEU EMAIL.

VERIFIQUEM SEUS NÚMEROS:

Vera Lúcia: 01
Chica: 02
Marly:03
OA.s.: 04
Arnoldo: 05
Marcia: 06
Tsu: 07
Graça: 08
Maria Luiza : 09
Lena Lima: 10
Lu Cavicholli: 11
Evaldo: 12
Cecilia ( Cisssa ) : 13
André: 14
Maria: 15
Kinha:16
Cidinha: 17
Meire: 18
Daniel: 19
Cintya: 20
Paulo Francisco: 21
R.R. : 22
Peonia: 23
Regilene: 24
Severa: 25
Beth: 26
Jacque: 27
F.H.Canata: 28
Valquiria: 29
Cris: 30
Vino: 31
Lucinha: 32
André: 33
Van: 34
Quimm: 35
Everson: 36
Helena: 37
Paula: 38
Tais Luso: 39
Acácia: 40
Andradarte: 41
Verinha: 42
Universo: 43
Sol: 44
Will: 45
Regilna: 46
Marilene: 47
MAria Alice: 48
Sérgio: 49
Marlene: 50
Denise: 51
Lena: 52
Sandra Portugal: 53
Catia: 54
Tina: 55
Rosemildo: 56
Celina: 57
Cibele: 58
Antonio: 59
Sandra ( Sentidos ) 60
Gleyce K.: 61
Débora: 62
Milene: 63


Qualquer duvida, confira sua numeração em comentários http://mdfbf.blogspot.com/2011/07/yupi-ebbba-uhull-feliz.html#comments

Boa sorte!!

Ma Ferreira

domingo, 24 de julho de 2011

CHEIA DE CHARME!!


'A LUZ É SEMPRE MAIS FORTE QUE A ESCURIDÃO' ( FRASE TIRADA DO LIVRO REENCONTRO COM VOCÊ, DE JULIA BLANQUE)

O MEU CARINHO A TODOS VOCES MEUS AMIGOS QUE DEIXARAM COMENTARIOS TAO GENTIS E CARINHOSOS EM MINHA POSTAGEM ANTERIOR, ONDE CONTO A MINHA EXPERIENCIA NO CONGRESSO DA ABM. VOCES ME INCENTIVAM A FAZER O MELHOR QUE POSSO, A CADA DIA.


Peças torneadas. Na pintura usei um esmalte "granulado". Fiz uma experiencia e queimei em alta temperatura. No fundo, coloquei pedaços de vidro ( garrafa de vinho quebrada em pedacinhos ), verde e azul, queimei em alta temperatura. Não era o resultado que eu imaginava. Mas saiu PERFEITO!!!
É sempre uma surpresa. O barro, o fogo, a agua e o ar fazem um combinado: Vamos fazer uma surpresa pra Ma?






Quando a vi, logo ali, tão perto
Tão ao meu alcance, tão distante, tão real
Tão bom perfume, sei lá

Investi tudo naquele olhar
Tantas palavras num breve sussurar
Paixão assim não acontece todo dia

Cheia de charme, um desejo enorme
De se aventurar
Cheia de charme, um desejo enorme
De revolucionar

Me perdi entre os seus cabelos
Pela sua pele, nos seus lábios tão macios
Tao bom perfume, sei lá

Investi tudo naquele olhar
Tantas palavras num breve sussurar
Paixão assim não acontece todo dia...



Cheia de Charme - Guilerme Arantes
Saudades do Guilherme Arantes... ele anda sumido!!

Por Ma Ferreira

sexta-feira, 22 de julho de 2011

ARTE CERAMICA NO 66o. CONGRESSO DA ABM EM SÃO PAULO!

Olá!






Modelo Marcella Matos Nunes , usando colar de minha criação.
clique na imagem para vê-la ampliada.







EU



Para vocês entenderem o que foi o Congresso da ABM:

"Congresso ABM: grande impulsionador do desenvolvimento técnico-científico do setor"
A sessão solene de abertura do 66ª Congresso da ABM na imponente Sala São Paulo, na noite de segunda-feira, 18, deu uma mostra da grandeza e importância do evento para a comunidade técnico-científica ligada ao setor minerometalúrgico nacional. Executivos e profissionais das principais empresas de mineração, siderurgia e do segmento de não-ferrosos, acadêmicos, consultores, fornecedores de equipamentos e serviços, além de estudantes, prestigiaram a solenidade.

A maioria dos Stands eram relacionados a metalurgia, empresas como a Vottorantin, Cia Vale do Rio Doce, Guerdau, faculdades, CREA..etc.

Os organizadores me convidaram para participar com um Stand representando a Arte em São Paulo.
Cada ano este congresso é realizado em um Estado ou Cidade Brasileira. Este ano foi na cidade de São Paulo.

Fiquei muito agradecida e orgulhosa com o convite. Fui super bem recebida.

Aproveitei para divulgar a arte Cerâmica. Sai de lá até rouca. A maioria não sabia o processo da confecção das peças. Imagina eu, com minha empolgação...

A troca de experiencias foi muito enriquecedora. Tive oportunidade de conversar com Doutores Professores de Grandes Universidades onde existe o Curso de Engenharia de Materias. A Ceramica é uma das matérias que o estudante pode optar. Só que é a ceramica industrial. Mas ceramica é cerâmica.

Um estudante do Rio Grande do Norte ficou de me mandar de lá amostras de argila colorida. Não vejo a hora de chegar.

Meus colares, minhas peças fizeram o maior sucesso...Claro que as vendas foram importantes, mas não mais do que a alegria de ter meu trabalho reconhecido. Tudo isso me dá mais ânimo para continuar a divulgar a arte cerâmica. Demorei mais de 40 anos para me descobrir como "arteira".

Então eu digo, com toda a certeza: Nunca é tarde para se descobrir uma vocação.
Nunca diga não é pra mim. Nunca deixe de confiar em sua capacidade.
Começe, se de uma chance.
Se eu superei os obstáculos que tive pela minha vida, qualquer pessoa pode.
Não se deixe levar pela depressão, pela tristeza.
Acredite em você. Reaja.
Ninguém é mais importante que você. E você só se dará por completo a alguém se você for feliz, se você for inteiro.
E dá sim para ser feliz. Mas precisamos nos ajudar.
Precisamos ser humildes e pedir ajuda quando precisamos.
Reagir. A vida exige que sejamos fortes.
E temos um pai prontos a nos ajudar.
Mas temos que saber pedir.
Não pedir a coisa pronta. Ele tá muito ocupado pra isso.
Temos que pedir os instrumentos. A força para atingir nossos objetivos. Sem a fé, tudo fica mais difícil.
Tem muita gente boa por ai.
Eu na minha vida encontrei muitas.
As vezes me preocupo em escrever na primeira pessoa. Em me expor. Penso que talvez não deveria.
Mas só posso falar com propriedade das experiencias pelas quais passei.
Se eu estou conseguindo me realizar , qualquer pessoa consegue.

Um pedaço de um texto que tirei de um livro que li nas férias, que em uma outra oportunidade comento com vocês.

O Livro, Salomão, o homem mais rico que já existiu. Steve K. Scott, Editora Sextante. Este livro conta a história do Rei Salomão, que se tornou rei aos 12 anos. Deus apareceu a ele pedindo que lhe fizesse um pedido. Salomão não pediu dinheiro, pediu sabedoria para governar o povo de israel.
O livro fala ( destrincha ) os provérbios de Salomão.
Bom..melhor eu parar por aqui..senão conto o livro inteiro.
Ai vai:

DILIGÊNCIA

"é uma habilidade adquirida que combina com persistência, esforço inteligente, planejado e executado de forma honesta e sem atrasos, com competência e eficácia, de modo a alcançar um resultado puro...
..quando dominamos a arte da deligência podemos aplica-la em qualquer área de nossa vida e alcançar resultados incríveis...

..o plano de um deligente leva a vantagem certa ( provébios 21:5)

.. a alma do deligente será saciada ..( provébios 13.4 )

.. fortuna apressada diminui, quem ajunta pouco a pouco enriquece (provébios 13;11 )



Frases tiradas do livro acima do livro citado acima.

Com carinho,

Ma Ferreira

Azul Anil..da cor do céu!!


Confeccionei este bowl no torno. Usei argila creme, na pintura um esmalde azul anil opaco ao fundo e um branco pérola sobreposto. Não ficou uma graça?



Amo e quero que o mundo veja.
Gravei os diversos nomes de Deus
em todas as árvores do bosque sagrado do meu coração, onde Ele toca a sua música.

Amo e quero que o mundo ouça.
Não tenho dúvida de que Sua música irá encantar tigre e leão, cobra e formiga,
desarmar lenhador e caçador furtivo,
bandido e cobrador.


Trecho de uma canção popular do Senegal.
Texto extraido do livro Meditações e Inspirações sobre a Paz e o Amor.

Por Ma Ferreira



Estou acrescentando um verso que recebi da querida Sandra, em comentários..que achei super apropriado....

Sandra disse...
"O azul do céu, linha do horizonte,
Fina e definida, como o limite do teu olhar...
Um lugar ideal, como um sinal do teu amor,
O azul do céu, onde sei que nunca vou chegar...

Ai! como acredito!
Que os teus olhos sao infinito, onde me posso perder e
Encontrar..."
André Sardet


Na próxima postagem eu conto da minha participação no Congresso. Valeu super a pena.


Se tiverem um tempinho: http://tessiturapoetica.blogspot.com/2011/07/hakuna-matata.html .Esta super fofinha a postagem!

quarta-feira, 20 de julho de 2011

AMIGO APRENDIZ

Confeccionei esta peça com placas em argila creme. Queimei em baixa temperatura: 980 graus.

DESEJO A TODOS MEUS QUERIDOS AMIGOS, UM FELIZ DIA DO AMIGO, ALGUNS LONGE DOS OLHOS E PERTO DO CORAÇÃO!!

Poema do amigo aprendiz
Quero ser o teu amigo. Nem demais e nem de menos.
Nem tão longe e nem tão perto.
Na medida mais precisa que eu puder.
Mas amar-te sem medida e ficar na tua vida,
Da maneira mais discreta que eu souber.
Sem tirar-te a liberdade, sem jamais te sufocar.
Sem forçar tua vontade.
Sem falar, quando for hora de calar.
E sem calar, quando for hora de falar.
Nem ausente, nem presente por demais.
Simplesmente, calmamente, ser-te paz.
É bonito ser amigo, mas confesso é tão difícil aprender!
E por isso eu te suplico paciência.
Vou encher este teu rosto de lembranças,
Dá-me tempo, de acertar nossas distâncias...
Pe. Zezinho SCJ

Correria estes dias...assim que der visito os blogues..

Bjs

Ma Ferreira

terça-feira, 19 de julho de 2011

LU ZINHA, LINDA E UNICA!


Esta caixinha comprei pronta. Pintei a caixinha para Bruna guardar suas "tranqueirinhas"Queimei em baixa temperatura. Fiz uma reeleitura da imagem da
Encontrei esta imagem no Google. Não consegui descobrir o autor. Caso ele se sinta incomodado, eu a retiro ou coloco os devidos créditos.

Comadre Fulozinha é uma personagem mitológica do Nordeste brasileiro, o espírito de uma cabocla de longos cabelos, ágil, que vive na mata protegendo a natureza dos caçadores, e gosta de ser agradada com presentes, principalmente mingau, fumo e mel.
Algumas pessoas a confundem com Caipora (ou Caapora) ou Curupira. Tem personalidade zombeteira, algumas vezes malvada, outras vezes prestimosa.
Diz-se que corta violentamente com seu cabelo aqueles que a mata adentram sem levar uma quantidade de fumo como oferenda e também lhes enrola a língua. Furtiva, seu assovio se torna mais baixo quanto mais próxima ela estiver, parecendo estar distante. Ela também gosta de fazer tranças e nós em crina e rabo de cavalo, que ninguém consegue desfazer, somente ela, se for agradada com fumo e mel.
Diziam alguns que a Comadre Florzinhas era uma criança que se perdeu na mata quando ainda era pequena ela procurou o caminho de volta para sua casa mais não achou e acabou morrendo e seu espirito passou a vagar pela floresta em busca do caminho de volta para casa.
http://pt.wikipedia.org/wiki/Comadre_Fulozinha

Esta é a LU ZINHA. LINDA E UNICA. OBSERVEM A SEMELHANÇA DO TRABALHO DO VINO COM O MEU. MERA SINCRONICIDADE. AGORA DEPOIS DE FEITO O POST FOI QUE PERCEBI!!

Lu, encomendei ao KAMBA VINO ( vinoartes.blogspot.com ) um mino a você. Adorei, é a sua carinha, não é?

A você, musa do poeminis (http://canteiropoeminis.blogspot.com).. hai-kais, soltos ao vendo.. de blog de amigos..

Luar tênue
Sobre a relva seca
Antes da chuva

Arnoldo Pimentel - http://haikainosventos.blogspot.com

Ainda está intacta,
Pelos seus anos-luz
A nossa Via Láctea.

Que coisa mais bela
É o resplandecer da
Lua pela janela!

Bento Sales, - http://bentovsales.blogspot.com

Água, fogo, ar
Artesão - Arte tesão!
Fogo Paixão

Ma Ferreira

e mais...


A Lua clareou a noite com sua poesia,
E o Sol sem a pose de Rei brilhante
Rompeu aquele doce amor delirante!
- Por que Sr. Sol tamanha ousadia?


Confessei à Lua os sonhos que sentia
!... O Sol cessou os devaneios dominantes
- Por que a Lua ama tanto os navegantes?
E o Sol? - Realidade de nossas vidas!...


Mas a Lua também é fria, inexorável!
... E o Sol para todos; - implacável!
...a poça d´água reflete a Lua, incrível!


O Sol dista... uma forma matemática
Fotografa-se a Lua pela informática
Sol e Lua!... um certo amor impossível!


Machado de Carlos

Lu, o meu carinho viu? Você merece muito mais!!

Ma Ferreira


AMIGOS..PELA PRIMEIRA VEZ FUI CONVIDADA A EXPOR OS MEUS TRABALHOS NUM CONGRESSO AQUI EM SÃO PAULO. CONGRESSO DA ABM. FIQUEI IMENSAMENTE FELIZ COM O CONVITE. HOJE FIZ A MONTAGEM DO MEU ESPAÇO. FICOU TODO COLORIDO. VOU TIRAR VARIAS FOTOS PARA MOSTRA-LAS A VOCÊS. VIRÃO CONVIDADOS DE OUTROS PAISES PARA O CONGRESSO. UMA EXCELENTE OPORTUNIDADE PARA DIVULGAR O MEU TRABALHO E A ARTE CERÂMICA.
ESTOU SUPER ANIMADA. MEU REGIME JA ERA..COQUETEL DE ABERTURA, JANTAR DE ENCERRAMENTO..O REGIME VAI FICAR PARA PRÓXIMA SEMANA!!

Ps. Esta postagem eu tinha agendado, mas eu errei.. e acabou saindo hj..

Beijo a todos!!

Ma

segunda-feira, 18 de julho de 2011

SEM MANDAMENTO!

Peça modelada em placa, em argila terracota, queimada em baixa temperarura, 980 graus!

Sem Mandamento

Hoje eu quero a rua cheia de sorrisos francos
De rostos serenos, de palavras soltas
Eu quero a rua toda parecendo louca
Com gente gritando e se abraçando ao sol
Hoje eu quero ver a bola da criança livre
Quero ver os sonhos todos nas janelas
Quero ver vocês andando por aí
Hoje eu vou pedir desculpas pelo que eu não disse
Eu até desculpo o que você falou
Eu quero ver meu coração no seu sorriso
E no olho da tarde a primeira luz
Hoje eu quero que os boêmios gritem bem mais alto
Eu quero um carnaval no engarrafamento
E que dez mil estrelas vão riscando o céu
Buscando a sua casa no amanhecer
Hoje eu vou fazer barulho pela madrugada
Rasgar a noite escura como um lampião
Eu vou fazer seresta na sua calçada
Eu vou fazer misérias no seu coração
Hoje eu quero que os poetas dancem pela rua
Pra escrever a música sem pretensão
Eu quero que as buzinas toquem flauta-doce
E que triunfe a força da imaginação

Oswaldo Montenegro




Amo a letra, a música, e acho o Oswaldo Montenegro..um...talento impar! rs

Por Ma Ferreira

PS: ESTOU DEVENDO O SORTEIO DOS DOIS CONJUNTOS DE COLARES E BRINCOS.ELES JÁ ESTÃO SEPARADOS. ESTA SEMANA ESTÁ SUPER CORRIDA, SE EU NÃO CONSEGUIR PARA ESTA SEMANA, COM CERTEZA SERÁ NA PRÓXIMA...
UMA BOA SEMANA A TODOS!!

sábado, 16 de julho de 2011

VALEU A PENA!!


Lembrancinha VIRTUAL aos meus amigos! Bahianinha em cerâmica comprada na Praia do Forte-BA,
feita por artesão da região, ofereço o todos meus visitantes. É sua. Pode levar...


Cesta de folha de palmeira, confeccionei na aula de artesanato do Hotel onde fiquei hospedada.
A modelo que lindamente segura a cesta é minha sobrinha,a Fê, que estava em Salvador e foi passar o dia no hotel conosco.


by me!!


Tartaruga-marinha na praia do Forte, Bahia.


FAMILIA


Algodão colorido..

Olá pessoal...já estou de volta. Revigorada, apenas com uns quilinhos ( dois já é plural ) a
mais. Mas na segunda começo uma dieta!

Fomos a Praia do Forte, litoral baiano, lá onde fica o Projeto Tamar.

Segundo sugestões de "mui"! amigos resolvemos ir a pé do hotel onde estávamos ao Projeto. Resolvemos não..eu queria ir de táxi, mas a Bruna e meu esposo, juntos venceram.

- Olha... é pertinho...uns cinco quilômetros daqui.. amanhã cedo..é maré baixa.. vão pela praia.. no meio do caminho..o mar forma uma belíssima piscina.

Bom, diante de argumentos tão convidativos, me dei como vencida. Ok! vocês venceram: vamos a pé.

Pois bem, o amanhã chegou... só que resolvemos ir a tarde. A maré não estava baixa..esta até bem altinha.

A solução era ir por uma trilha. ( eu por mim ia de táxi ). Tenho sexto sentido aguçado.

Vai dai que...esta trilha.... no inicio..era uma trilha normal. Mas logo que andamos uns quinhentos metros, eis que ela ( a trilha ), resolve colocar suas manguinhas de fora.

Sabe aquela areia bem fininha? que quando voce coloca o pé o pé afunda? misture isso a alguns galhos secos, vegetação rasteira.. e nenhuma viva alma no caminho. Por que será?

Andamos uns dois quilômetros mais ou menos. Paramos..voltamos ou continuamos?

Eu com cara de brava, eles animadinhos, porque a idéia foi deles. Ah..se tivesse sido minha...

Voltar ou seguir em frente dava na mesma. Melhor então continuar.

Andamos .. ou melhor..quase rastejamos por mais uns dois quilometros. Diante daquele quadro de exercício físico tão ferrenho, de duas uma: ou no dia seguinte nós não andaríamos com tantas dores nas pernas, ou músculos enrijecidos sem precisar de academia.

Neste trajeto todo não encontramos ninguém para dizer boa tarde. Nem indo, nem vindo.. porque será?

Chegamos..ufa.. a tempo de dar comida os tubarões do Projeto Tamar.

O TAMAR surgiu com o objetivo de proteger espécies de tartarugas-marinhas ameaçadas de extinção no litoral brasileiro. Com o tempo, porém, percebeu-se que os trabalhos não poderiam ficar restritos às tartarugas, pois uma das chaves para o sucesso desta missão seria o apoio ao desenvolvimento das comunidades costeiras, de forma a oferecer alternativas econômicas que amenizassem a questão social, diminuindo assim a caça das tartarugas-marinhas para a sua sobrevivência. O tamar também protege tubarões e outras espécies de vida marinha.

Acabamos de visitar as tartarugas e resolvemos parar ao lado, para tomar um sorvete.

Sentamo-nos. Olho na esquina e vejo em uma loja uma placa dizendo: Cotton Color.

O meu inglês não passa de um "the book in the table", mas deduzi ser Algodão Colorido.

Sincronicidade, pois minha querida SEVERA, a quem carinhosamente me chama de filha, e eu a ela de mãe, me mandou um e-mail dizendo que além de ESCRITORA e entre outras atividades, ela tem o blog TENDENCIA DA MODA, e trabalha com o algodão colorido que até então para mim era desconhecido.

Claro que fui na loja ver as roupas. Em tons degrades de bege ao marrom.
Lindas, uma textura delicada, de muito bom gosto, mito apropriada ao nosso clima. Era o algodão colorido que a Severa tinha me descrito:

"Você já ouviu falar no algodão colorido? , não é algodão tingido, é algodão que já nasce colorido. Essa é uma história muito interessante que vale a pena ler e conhecer, porque quem gosta de produtos artesanais e ama a natureza, sabe da importância desse projeto que merece ser mais divulgado.

Ao contrário do que você possa pensar, o algodão que já nasce colorido não foi criado em laboratório, nem alterado geneticamente. Os algodões coloridos já existiam desde antes de Cristo em vários outros países também. O que houve, é que produtores sempre optaram pela fibra branca porque facilitava o tingimento na indústria textil. Foi na década de 80 que a Embrapa patrocinou pesquisas, e sementes de antigos pés foram coletadas no interior da Paraíba e outros Estados do Nordeste. Essas sementes foram para um banco de genes e os genes sim foram fortalecidos e aprimorados para poder retornar à lavoura.

O processo todo é bem antigo e longo, e em permanente crescimento, mas o que importa é que hoje o cultivo de algodões coloridos recuperou a economia do interior do Estado da Paraíba, desde a agricultura familiar, até as associações de tecelãos que usam essa fibra para produzir peças artesanais. E isso aconteceu dessa forma tão marcante aqui no Estado, porque no ano de 2000 as empresas têxteis daqui tiveram que encontrar uma saída para a concorrência do estado vizinho que estava prejudicando as tecelagens. Sabendo das pesquisas da Embrapa, as empresas se organizaram numa cooperativa e foi feita uma opção pelo algodão colorido.

O melhor de tudo isso é que esse algodão não polui porque dispensa toda a etapa de tingimento que é super prejudicial para o meio ambiente. E por não ser tingido, esse algodão é indicado para bebês e pessoas alérgicas, mas já ganhou um mercado enorme pela qualidade e diferencial de design. Eu acho que esse é um desses círculos perfeitos." ( SEVERA GOMES )

Enfim a aventura valeu a pena.

Como eu aprendi no Brahama Kumaris: Até o errado é para o certo. Neste caso. foi muito bacana ver as tartarugas do Projeto Tamar..e ver o resultado do trabalho feito com o algodão ecológico, algodão colorido, o qual a minha querida MÂE SEVERA, desempenha mais um de de seus trabalhos tão lindamente, com designer de moda.

Espero que este meu texto não tenha ficado cansativo, e que tenham lido até o final..e que tenham gostado da lembrança que eu escolhi com muito carinho a vocês. A Baianinha de Ceramica, feita por artesão da região.


Mais informações sobre o algodão ecológico: www.severaescritora.blogspot.com

Um beijo a todos..

Ma Ferreira

quinta-feira, 14 de julho de 2011

FASES


Peça confeccionada em argila creme, queimei em baixa temperatura, 980 graus.

LUA ADVERSA

Tenho fases, como a lua
Fases de andar escondida,
fases de vir para a rua...
Perdição da minha vida!
Perdição da vida minha!
Tenho fases de ser tua,
tenho outras de ser sozinha.

Fases que vão e vêm,
no secreto calendário
que um astrólogo arbitrário
inventou para meu uso.

E roda a melancolia
seu interminável fuso!
Não me encontro com ninguém
(tenho fases como a lua...)
No dia de alguém ser meu
não é dia de eu ser sua...
E, quando chega esse dia,
o outro desapareceu...


Cecília Meireles


Com carinho..

Ma Ferreira

Amigos, deixem seus comentários. Em breve voltarei a visita-los.

Convido-os a prestigiarem o www.tessiturapoetica.blogspot.com

terça-feira, 12 de julho de 2011

PÁSSARO MIGRANTE!

Peça torneada em argila creme. Queimei em baiza temperatura.

A querida Marly Bastos acredito ser amigas de muito de vocês, inclusive seu rostinho lindo sempre emoldura minha sala de comentários.

Palavras ( letras rs ) de Marly..Marly, quem é você?

..Fui menina travessa, Cresci, desabrochei, amadureci! Soltei cordas e amarras e asas na mente eu adquiri. Sou como pássaro migrante, buscando a rota dos meus sonhos. Fui e estou por aqui... Modesta... Sem requintes, descalça de todas as agruras que por vezes abateu o meu espírito. ..



Fico parada em devaneio,
Deixando-me levar pela ilusão de um sonho...
Acercada de um desejo incontido
De dividir alegrias perenes e pequenas.
Teu amor é flor que desabrocha no inverno,
O deslizar dos teus lábios em mim
É o melhor caminho do mundo,
O mais excitante e o mais perigoso
Longo, cheio de prazer e sinuoso.
És meu norte, minha vela...
Eu embarcação sem rumo, sem destino,
Guiada pelo leme da sua vontade
Impulsionada pelo vento que varre o tempo.
Sem nó, sem amarras,
Passo por aqui, ali e faço distâncias
Deixo rastros, estou pronta a ceder lugar,
Ao “amor-perfeito” que feito em sensações
Enfeita a vida e a torna mais bonita...
Não há lugar para a ausência da cantiga,
Contigo vou aprendendo a aprender a vida!

Marly Bastos
palavreadosaovento.blogspot.com

Marly, seu dom é encantar! a você o meu carinho, mulher de personalidade e que eu aprendi a gostar e admirar.

Por Ma Ferreira

Amigos..logo estarei visitando o blog de vocês. Volto loguinho.. deixei esta postagem agendada.
Deixem seus comentários, quando voltar, terei imenso prazer em responde-los.

domingo, 10 de julho de 2011

O VAGA-LUME DO MEU CÉU!

Confeccionei esta peça em placa e queimei em baixa temperatura.

Esta ilustração foi feita por Raul Mozardo, a meu pedido, para ilustrar a minha estoria. Tenho uma sequencia delas..

Vaga-Lume um querido amigo. Esta sempre por perto. Conheci Vaga-Lume no tempo em que morava no sitio onde nasci.
Eu era nova, mas lembro do céu estrelado. Não era o um céu qualquer.. era o céu em que Vaga-Lume conheceu a Estrela.

Vou contar a vocês. ..Esta peça fiz para ele, para matar as saudades, mas não matou.. Ele está por ai..olhe..perceba, quantos vaga-lumes ..

O VAGA-LUME E A ESTRELA

Dia desses estava o Vaga-Lume a sentir um pouco de inveja das estrelas:

- Felizes são as estrelas, que estão pertinho do céu! Eu queria ser
uma delas, eu queria ser visto por todas as pessoas do mundo inteiro!

A noite estava linda. Quase não se via a cor azul do céu com tantas estrelas juntas, brilhando.

Foi quando uma estrelinha em especial chamou-lhe a atenção:

- Porque perdeu o brilho a Estrela? Porque esta tão triste? Pensou intrigado.


Vaga-Lume sentiu uma vontade enorme de se aproximar da estrelinha, de fazer-lhe carinho, ou cócegas no seu pezinho, só para vê-la sorrir.

Naquela noite, voltou para sua casa pensativo e inquieto.Voava baixo e cabisbaixo. Não parava de pensar na estrelinha solitária.

- Porque será que chora a Estrelinha? Pensava.

Vaga-Lume não conseguia adormecer. Contou carneirinhos. Muitos carneirinhos.Um, dois, três, quatro... Nada do sono chegar. Só de manhãzinha adormeceu.

Quando acordou, estava determinado:

-Vou descobrir o que acontece com a Estrelinha.

O dia demorou a passar. Vaga-Lume contava os segundos para que o sol se escondesse e as primeiras estrelas surgissem.

Assim que a noitinha chegou Vaga-Lume olhou para o céu. Era noite de lua nova, que estava bem pequena. Então as estrelas fizeram um concurso para ver quem luzia mais. O céu ficou super iluminado!

Só a Estrelinha não brilhava.

Vaga-Lume voou em sua direção. Quando chegou pertinho dela foi logo dizendo:

-Oi Estrelinha! Posso me aproximar? Posso ser seu amigo?

-Não sei “moço” que brilha, meu pai pode não gostar. Respondeu a Estrelinha, com o
rostinho assustado.



-Sou “moço” bom Estrelinha, não tenha medo de mim.


Sentou-se ao lado da pobre e perguntou:

-Porque você não brilha Estrelinha? Porque está tão triste?

- Ah... - Respondeu a Estrela. Queria ser vaga-lume.

Quase não segurando o riso ele perguntou:

- O que tenho eu de especial para você querer ser igual a mim?

-Quer mesmo ser meu amigo? Então chegue mais perto que vou lhe contar. Disse a estrelinha.

Ficaram ali horas e horas conversando e nem viram o tempo passar.

Vaga-Lume achava graça na Estrelinha.

Quando percebeu, Estrelinha tinha adormecido, deitada em seu ombro.

Vaga-Lume ficou feliz porque a Estrelinha tinha mudado de cor. Já não era mais uma estrela apagada. Ela estava brilhante e feliz porque tinha ganho um amigo.

E ele que já tinha todo aquele brilho, ficou ainda mais reluzente! O brilho da estrela refletiu no Vaga-Lume, deixando-o ainda mais luminoso. Entre todos os vaga-lumes daquela redondeza, era o que mais brilhava.


Já nem queria mais ser uma estrela. Queria ser vaga-lume mesmo. Estava tão feliz porque descobriu sua vocação. Sua vocação era fazer a Estrela brilhar.

Por isso hoje não existe mais estrela sem brilho no céu.

É que toda a vez que o Vaga-Lume percebe que uma estrela esta ficando sem brilho ele voa para pertinho dela.

Juntos possuem muita, muita luz.

À noite quando estiver no jardim, ou na rua, procure um vaga-lume. O vaga-lume é um besouro, um inseto que parece uma “lanterninha”, que brilha, brilha muito. Ele brilha como se uma estrela pequenininha tivesse descido do céu para nos fazer uma visita.

Vamos dar boas vindas ao Vaga-Lume?

Por Ma Ferreira

Ps: Esta semana não estarei por aqui..deixem seus comentários..assim que voltar..voltarei a visita-los..bj

sexta-feira, 8 de julho de 2011

PORTO SOLIDÃO!!


Moldei esta peça com placa, em argila tabaco. Na pintura usei um mix de várias cores. Queimei em alta temperatura.1.100 graus.



Jessé me deixou saudades. Gosto do cantor, da letra e da linda música.


Amigos.. Esta semana não estarei por aqui. Vou descansar a mãozinha e a cabecinha.rs
Deixei algumas postagens agendadas. Deixem seus comentários. que quando voltar..os visitarei.
Cuidem-se heim!! Juizo!! Só uma semaninha!!

Dica: http://videcampos.wordpress.com/2011/07/08/amor-em-pedacos-versos-53/


Porto Solidão

Composição: Zeca Bahia e Gincko


Se um veleiro
Repousasse
Na palma da minha mão
Sopraria com sentimento
E deixaria seguir sempre
Rumo ao meu coração...
Meu coração
A calma de um mar
Que guarda tamanhos segredos
Diversos naufragados
E sem tempo...
Rimas, de ventos e velas
Vida que vem e que vai
A solidão que fica e entra
Me arremessando
Contra o cais...(2x)
Se um veleiro
Repousasse
Na palma da minha mão
Sopraria com sentimento
E deixaria seguir sempre
Rumo ao meu coração...
Meu coração
A calma de um mar
Que guarda tamanhos segredos
Diversos naufragados
E sem tempo...
Rimas, de ventos e velas
Vida que vem e que vai
A solidão que fica e entra
Me arremessando
Contra o cais...(4x)
Rimaaaaaas!
A solidão que fica e entra
Me arremessando
Contra o cais.


Por Ma Ferreira

quinta-feira, 7 de julho de 2011

LUAR DO SERTÃO , POR MA FERREIRA


Confeccionei esta peça em argila creme. Na pintura um mix de vários esmaltes. Queimei em alta temperatura. 1.100 graus

"Escute: eu sou o Catulo / E Catulo da Paixão / Sou cearense no nome / Mas nasci no Maranhão"

Dedico este vídeo a R.R. Barcellos. Rodolfo, é pra você!




Luar do Sertão
Na voz da Simone é de arrepiar!!

Catullo da Paixão Cearense
Composição: Catulo da Paixao Cearense / João Pe

Não há, ó gente, oh! Não, luar como esse do sertão
Não há, ó gente, oh! Não, luar como esse do sertão
Oh que saudade do luar da minha terra
Lá na serra branquejando, folhas secas pelo chão
Este luar cá da cidade tão escuro
Não tem aquela saudade, do luar lá do sertão!
Se a lua nasce por detras da verde mata
Mais parece um sol de prata, prateando a solidão
E a gente pega na viola e ponteia
E a canção e a lua cheia, a nascer no coração
Não há, ó gente, oh! Não, luar como esse do sertão
Não há, ó gente, oh! Não, luar como esse do sertão
REFRÃO
Quando vermelha no sertão desponta a lua
Dentro da alma flutua, tambem rubra nasce a dor
E a lua sobe e o sangue muda em claridade
E a nossa dor muda em saudade
Branca assim da mesma cor.

Poeta, teatrólogo, cantor e compositor. Nasceu em 8/10/1863, São Luís, MA e faleceu com 83 anos em 10/5/1946 no Rio de Janeiro, RJ.

Filho do ourives Amâncio da Paixão Cearense e Maria Celestina Braga da Paixão. Teve dois irmãos: Gil e Gerson.

Quando tinha dez anos, mudou-se com a família para o sertão do Ceará e em 1880, para o Rio de Janeiro.

Dispunha de uma fortaleza física, que o ajudou no cais do porto, onde trabalhou como estivador.

Freqüentava repúblicas estudantis e vivia entre os chorões da época, dentre eles: Viriato (flautista), Anacleto de Medeiros (compositor e regente), Cadete (cantor), e outros.

No Colégio Teles de Meneses, estudou português, matemática e francês. Chegou a traduzir poetas internacionais famosos. Através destes relacionamentos boêmios, aprendeu a tocar violão e flauta.

Em 1885, morou na residência do senador do Império Silveira Martins, onde teve a incumbência de lecionar o português aos filhos.

Fundou um colégio no bairro da Piedade, passando a lecionar línguas.

Compilou letras de modinhas, lundus e cançonetas da época, e as publicou através da Livraria do Povo. Publicou também obras suas, tais como: O cantor fluminense, Lira dos salões, Novos cantares, Lira brasileira, Canções da madrugada, Trovas e canções e Choros ao violão.

Conhecido como "vate sertanejo", deixou 15 livros de poemas, dentre eles Meu sertão (1918), Sertão em flor (1919), Poemas bravios (1921), Mata iluminada, Aos pescadores (1923), Meu Brasil (1928), Um boêmio no céu, Alma do sertão (1928) e Poemas escolhidos (1944).

Suas poesias eram adaptadas a canções de compositores famosos (Chiquinha Gonzaga, Anacleto de Medeiros, João Pernambuco, Antônio Callado, Pedro Alcântara) e nas vozes de Mário Pinheiro, Eduardo das Neves, Cadete, Vicente Celestino, e outros, sua obra ganhava popularidade, consagrando-o.




Por Ma Ferreira

quarta-feira, 6 de julho de 2011

O HOMEM E O CARA: PICASSO!


Peça em Cerâmica Branca. Desenho baseado em obra de Picasso. Queimei em baixa temperatura. 980 graus.



Hoje eu estava triste. Me senti magoada. Me deixei magoar.

Quando fico assim, não é a cabeça que dói, nem os músculos. É um nó na garganta e um aperto no coração.

Com certeza TPM. Ela potencializa sensações.

Mas bastou eu chegar na Olaria, e ver esta peça, quentinha como se fosse um pãozinho que tivesse acabado de sair no forno, me recuperei.

Voltei a ser EU. Bye bye tristeza.

Vamos falar de alegria. Alegria foi conhecer a Cissa. ANA CECÍLIA ROMEU.
Uma nova seguidora, amiga.
Uma empatia. Fui ao blog de Cissa, como é carinhosamente chamada e fiquei lá por algum tempo.
Li várias de suas cronicas e já me candidatei a ser a chefe do seu fã clube.

Nas poucas mensagens que trocamos, pedi a ela que me autorizasse a qualquer dia desses fazer uma postagem de uma de suas crônicas. Ela brincando me sugeriu: O HOMEM E O CARA.

EU PENSEI..MAS NÃO DISSE.. PUTZ.. COMO VOU FAZER ESTA COMBINAÇÃO

Voltando...
Na hora em que vi o resultado da queima da minha peça, me veio na cabeça. Encontrei o cara. Encontrei o homem: Picasso.

Li a pouco tempo o Livro Na Cama com Picasso. ( Carlos Von Schimidt, autor ). Fala um pouco da vida intima de Picasso. De suas mulheres ( muitas, de seus amores.). Picasso me salvou. rs


Abaixo a crônica que me encantou, de Ana Cecilia Romeu.


O Homem e o Cara


O Homem é o sujeito, o Cara é um sujeito.
O Cara é só um cara, um sujeito muito bom em matemática faz contas todo tempo: no almoço, dois pratos; na festa, oito copos; na semana, três mulheres. E ainda muito organizado, anota tudo e coloca etiqueta em todas.
Para o Cara, a mulher é a “princesa”, “linda”, “deusa” e uma gama de adjetivos pouco criativos que podem ser usados para qualquer uma. Mas o Homem a chama primeiro pelo nome, e pergunta sempre: “como você está?” Nunca fala de si antes.
Mas se você perguntar isso para o Cara, ou mesmo que pergunta nenhuma faça, é melhor sentar, sairão dele boletins falados de início-meio-fim, onde o fim de um assunto já emenda no início de outro, com diversos “eu” em única oração, e jamais perguntará a sua ouvinte sobre ela. Caso a moça queira insistir em lhe contar alguma coisa, o Cara vai apertar os lábios como quem diz: “mulher fala demais”.
Incrível como a quantidade de Caras é muito maior que a de Homens. Isso pode ter uma explicação nos primórdios da civilização, quando grupos de Homens defendiam a si e sua prole em verdadeiras lutas contra imensos dinossauros; enquanto os Caras fugiam rapidamente para a caverna dos Caras: local privado onde desenhavam nas paredes as “grandes conquistas” e preservavam suas vidas. É provável que a invenção da roda tenha surgido da necessidade dos Caras em chegar mais rápido a esse refúgio. Até porque, Caras são ótimos inventores.
Mas existem semelhanças. Tanto Homens como Caras ficam por segundos quietos se ao verem a mulher, ela lhes pareça bela. Acontece algo numa parte do cérebro que lhes tira a voz.
Depois do primeiro encontro, não só o Cara, mas também o Homem desaparece por alguns dias. É normal, ele precisa de um tempo. Mas para o Cara, o tempo é precioso, e o que nem iniciou, já acabou.
Tanto Homem como Cara não querem mulher que crie confusão por nada. Mas o Homem vai ter mais tolerância e aguentar essa inquieta dança dos hormônios femininos.
Se você leu até aqui, parabéns! Sérias chances de ser Homem, porque o Cara nunca passa do primeiro parágrafo.
Cara não gosta de incomodação só procura coisas e mulheres possíveis, e não são poucas para ele.
Mas para o Homem, mesmo que ter a mulher pareça quase impossível, ele fará tudo para torná-la próxima - com paciência, estudando os passos - se sentir por ela uma Coisa que não saiba explicar, e ao teorizar sobre essa Coisa, tudo pareça não ter lógica alguma.
Sim, ele vai tentar, porque reconheceu nessa mulher a Coisa que a torna tão exclusiva. O que o faz acreditar, desacreditando; explorar, sem navegar; sonhar, sem dormir; desvendar, sem que haja mistério; lutar, sem guerra alguma. O que o faz ser um Homem de Verdade.

Ana Cecília Romeu
Blog: Humoremconto
http://anaceciliaromeu.blogspot.com

Meu carinho, minha admiração...

Por Ma Ferreira


PS: HOJE QUINTA FEIRA, ESTOU NO http://tessiturapoetica.blogspot.com/2011/07/fonte-da-vida.html
Vamos prestigiar o Tessitura?