QUEM SOU

Minha foto
São Paulo, SP, Brazil
MA FERREIRA, mulher, mãe, esposa, pedagoga por formaçao, ceramista de coração. Amante da vida e das artes. Acredito que somos a mudança que queremos no mundo. Sou uma pessoa que acredita nas pessoas e na construção de um mundo melhor. Acredito que cada pessoa está onde deveria estar. Acredito que estamos na terra para evoluir. Acredito que o ser é muito melhor que o ter. Acredito numa força divina. DEUS!!!

Seguidores

BLOGS QUE PARTICIPO

  • www.mdfbf.blogspot.com
  • www.ceramicaconteporaneabrasileira.blogspot.com
  • contato: mdfbf@uol.com.br

sábado, 22 de outubro de 2011

RUAS DE OUTONO

                                                                   Clique na imagem para vê-la mais bonita!!

HOJE ENQUANTO EU OLHAVA ESTA PEÇA PENSANDO SE IRIA POSTA-LA OU NÃO, OUVI ESTA MÚSICA LINDA, NA VOZ DE ZIZI POSSI E ANA CAROLINA.. PENSEI, TAI, RUAS DE OUTONO.



Eu e minhas histórias...rs

Esta peça que criei já algum tempo estava fazendo parte da decoração da minha sala.

Ela saiu do forno rachada ao meio. Literalmente.
A Arte da pintura já tinha sido realizada juntamente com a primeira queima. Usei engobe ( duas tonalidades ), com a argila ainda mole.
Pois bem..
Geralmente quando isso acontece eu imediatamente me desfaço da peça. Exercitar o desapego sempre faz bem.
Acabou. Quebrou. Ponto. Parto para outra.
Mas neste caso eu não me desfiz da peça.
Peguei o velho e sempre bom super-bonder.  Colei as duas partes.
Mas onde as partes se juntaram ficou a marca bem nítida. Não adiantava enviar ao forno novamente.
Eu tinha umas pedrinhas em casa, alguns cascalhos..e cola.
E fui colocando pedrinha ao lado de pedrinha, na marca da rachadura.
Interessante..
Resolvi fazer uma florzinha..uma galhinho..outra florzinha.. e deu no que deu.

Na vida quantas vezes não precisamos juntar os pedacinhos?
As vezes..sai mais ou mesmos.  Mas é uma solução.
As vezes sai muito bom.Ótimo.
As vezes, depois de juntarmos os "cacos" saimos da experiencia bem melhor do que entramos.
As vezes não conseguimos juntar os cacos. Eles se quebraram em pedaços muito pequenos. O que fazer?
Ai começa a brincadeira do renascimento.  Renascer dos cacos.. mudando nossas ações, quem sabe conseguimos mudar as reações?
Esta é a  ARTE DE VIVER.

Por Ma Ferreira


PS. ESTOU ATRASADAS COM MINHAS VISITAS. ASSIM QUE DER PROMETO COLOCA-LAS EM DIA!