QUEM SOU

Minha foto
São Paulo, SP, Brazil
MA FERREIRA, mulher, mãe, esposa, pedagoga por formaçao, ceramista de coração. Amante da vida e das artes. Acredito que somos a mudança que queremos no mundo. Sou uma pessoa que acredita nas pessoas e na construção de um mundo melhor. Acredito que cada pessoa está onde deveria estar. Acredito que estamos na terra para evoluir. Acredito que o ser é muito melhor que o ter. Acredito numa força divina. DEUS!!!

Seguidores

BLOGS QUE PARTICIPO

  • www.mdfbf.blogspot.com
  • www.ceramicaconteporaneabrasileira.blogspot.com
  • contato: mdfbf@uol.com.br

quarta-feira, 31 de agosto de 2011

MATA ORTIZ, UMA HISTÓRIA DE SUPERAÇÃO E ENCANTAMENTO

Obra Cerâmica de Juan Quezada, da Mata Ortiz - México

Obra Ma Ferreira - AMAZONIA
Queimei em baixa temperatura
Eu e Pabla Quezada no Contaf 2011, sobrinha de Juan Quezada

                                                                 Pabla Quezada                         

Olá!!

Nesta semana estarei ausente dos blogs. Participarei do CONTAF 2012 - Congresso Nacional das Técnicas da Arte do Fogo.
Este é um dos congressos mais importantes relacionados a Arte cerâmica. Ceramistas de toda parte do mundo costumam visita-lo.
Ano passado eu participei e confesso que a palestra que mais me tocou foi a História da ceramica da Mata Ortiz - México.
Esta postagem é a integra da postagem que fiz ano passado.
....
.
Eu sempre gostei de estórias de Era uma vez....  Mas esta é uma HISTÓRIA de era uma vez, com Herói  e tudo mais.
O Herói no caso é Juan Quezada. Não dá para se falar em Mata Ortiz, povoado  do Estado de Chihuahua, México sem falar em Juan Quezada.


história de Mata Ortiz começou com a curiosidade de um jovem rapaz, Juan Quezada, que estava vagando pelas montanhas para pegar lenha para sua família.  Juan em uma de suas andanças encontrou fragmentos de cerâmica, o que não é incomum na região. As marcas o intrigaram e às vezes ele levava esses fragmentos para casa para estudar no silêncio. Os desenhos geométricos foram claros o suficiente para que ele visualizasse panelas e potes para colocar os desenhos originais. Depois de mais de 15 anos experimentando misturas de argila com cinzas e água, enterrando-as em uma cova para queimá-las e usando diferentes tipos de combustíveis, Juan não só se tornou um homem, mas um artista também.



O barro é trabalhado para dar a forma desejada, em seguida,toda a superfície é alisada com a mão, e depois lixada e seca ao ar livre. O polimento é feito com pedras ou ossos de veados, o que cria uma textura fina e comprime o barro para o acabamento. Os desenhos são pintados à mão com
pincéis finos de cabelo humano e as tintas são derivadas de argilas e depósitos minerais da região.


Uma queima inicial é feita , e em seguida o pote é levado para ser queimado ao ar livre dentro de uma estrutura  feita de materiais combustíveis, como esterco de vaca e madeira, um verdadeiro espetáculo . 

Liderados por Juan Quezada, a maioria do povoado de Mata Ortiuz hoje, cria manualmente excelentes peças, potes  e até bijouterias usando métodos centenários  Inspiradas na cerâmicas Paquimé ( Paquimé é uma zona arquiológica do período de 600 a 1450 D.C.) Os oleiros de Mata Ortiz criam trabalhos de arte contemporânea, incorporando muitas vezes partes de desenhos criados por culturas nativas do sudoeste americano.

Atualmente, a Cerâmica de Mata Ortiz é uma das mais finas e inovadoras cerâmicas do Mundo e para falar da história ,da cidade ,dos artistas e sobre a cultura dos nativos dessa região e a sua influência na atual cerâmica de Mata Ortiz, O CONTAF trouxe  a especialista Claudia Loveira e a Artista Pabla Quesada (Sobrinha de Juan), que exibiu todo seu talento e mostrou como são feitas e decoradas as atuais cerâmicas de Mata Ortiz.

Hoje cerca de 400 famílias se dedicam a fazer potes de cerâmicas ( ollas ) em Mata Ortiz.
O que mais me encantou olhando uma cerâmica da Mata Ortiz, é a sua espessura super fina, sua delicadeza, sua textura. Uma verdeira poesia em forma de ceramica. Quem já teve o prazer de ver uma dessas obras sabe muito bem o que eu estou dizendo.
Espero que vocês tenham gostado!


Ma Ferreira







terça-feira, 30 de agosto de 2011

ESCULTURAS - NO CONTAF - CONGRESSO NACIONAL DE TÉCNICAS DA ARTE DO FOGO.

Professor Newton Santanna

                                                     
                                                                      Eu & Pris Spadulo
                                                           Eu e Prof. Newton Santanna

Mascaras ( rostos ) confeccionados por um grupo de  alunas durante aula experimental com o Prof. Newton Santanna
em  seu Atelier na
Rua Teodoro Sampaio, 855 - Pinheiros S.Paulo-SP
                                                    Fone: 3062-5323  - 11 9109.3324.

Conforme eu tinha dito a vocês, participei nesta ultima semana no Contaf - Congresso Nacional das Artes do 
Fogo.

Semana de muito aprendizado e alegria. Reunião com alguns amigos da blogosfera ( em outra postagem comento  respeito ), e com tantas outras pessoas amantes do barro vindas de toda a parte do Brasil.Éramos em mais ou menos 300 ceramistas, homens e mulheres.

Eu tenho uma mania de começar a ler revista do final para o começo. Mania...sei lá..nem me pregunte o motivo porque não saberei responder.

Aqui nesta postagem estou começando pelo final do Congresso.

Na primeira foto, temos o Prof. Newton Santana na Oficina de Modelagem de Escultura com enfase no corpo humano, no Contaf.

Ao término da Oficina,   ficamos eu a Priscila e mais algumas poucas alunas ao seu redor conversando.
Foi ai que ele teve a brilhante idéia: Nos  convidou para uma aula em seu ateliê  ao término  do congresso, sábado a tarde.

Não poderíamos perder a oportunidade única. Topamos de imediato...
Era tudo que eu estava querendo.

Primeiro eu sempre tive uma curiosidade por esculturas. Mas não me achava competente para tal façanha.
Mas com o Professor Newton fez parecer tão simples o processo..aliás..
É simples mesmo.. com método dele de ensinar é simples.

Lógico que não é uma escultura acadêmica. Mas é escultura. E eu consegui, .( ebba ).

Sem moldes, em partes, em apenas três horas de aula, com direito a intervalo para um delicioso cafézinho, eu a Pris. e  outras  amigas ceramistas conseguimos cada uma confeccionar um rosto.

Cada máscara diferente uma da outra. Como tantos rostos que vemos por ai.

A minha esta aqui em casa. Quando estiver seca, levarei para a queima.

Se barro  e o fogo se comportarem, em breve faço a arte de pintura e compartilho a imagem dela com vocês.
Prontinha.

Ps. Lembram-se que quando eu postei a máscara de gesso eu disse que a minha idéia era faze-la em cerâmica??

Nem preciso dizer mais nada né?

Ao Pro f. Newton Santanna  e a sua amável esposa, que tão bem nos receberam, o meu  ( nosso ) mais sinceros agradecimentos.

Na próxima postagem falarei sobre a Cerâmica da Mata Ortiz, no México. Um encantamento de história e lição de vida.

Com carinho,

Ma Ferreira

(Perdão  por qualquer erro  concordâcia no texto)

domingo, 28 de agosto de 2011

SUSTENTO

Usei placa de argila  creme. Queimei em alta temperatura, 1.220 graus.
Tentei obter este mesmo resultado em outras peças usando o mesmo barro, os mesmos esmaltes e a mesma queima. Nunca  mais consegui chegar nem proximo deste resultado.

                                                                  UNICA

E do sustento
Tem-se a força
Que molda o barro
E gere a peça

Que guarda a água
Que ampara o pão
Que é o sustento
Dos desalentos

E sustentada
A alma cria
E faz do barro
A viagem de sua fantasia

Mão que fecunda o barro
Fogo que faz  gestação
Nasceste, filho da terra!
Único em cada mão

Vem sustentar o sustento dos filhos dessa terra.

Leila M. Rodrigues - 

Gostaria imensamente de agradecer a LEILA RODRIGUES pelo lindo poema escrito especialmente
para este post.
LEILA, seu belo  poema tocou meu coracao!


E digo:
.... SUSTENTADA A ALMA VOA... E VIVE
NO RECOMECO QUE A CADA DIA A ALMA CRIA!!!
Ma ferreira






Com carinho...


Obs. Estive numa semana de correria por conta da minha participação no Congresso Nacional de Técnicas da Arte do Fogo, Contaf. Imaginem mais de 300 pessoas amantes do barro reunidas e o meu encontro com ceramistas da blogosfera.. Momentos UNICOS!! Em breve farei uma postagem a respeito.


Semana de paz a todos!!!

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

CEREJEIRA EM FLOR

                     Confeccionei esta peça em  placa de argila branca. Queimei em baixa temperatura, 980 graus.

Dedico esta postagem minha querida mais nova Irmãzinha do Coração, Elisa Campos, do blog http://pintandohaikai.blogspot.com/
Com carinho..


Ma Ferreira




Ps. Estou participando do CONTAF, Congresso Nacional de Técnicas  para Artes do Fogo.
      Encontrei várias amigas Ceramistas da Blogosfera: Acacia Azevedo, Cibele Nakamura, Pris, Tácito, a Beth 
      Yen... até me emocionei... o virtual  e o real ...

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

ELOS DO BEM

                            Na confecção  desta peça usei a técnica de junção de elos ( várias minhoquinhas ).                                 

Meu Irmãozinho de Coração Clemente, do Blog http://clementegermanomuller.blogspot.com/
Gentilmente me convidou para fazer parte de uma campanha para ajudar a ONG acima.
Não sou dada a correntes envolvendo dinheiro, mas a causa é nobre e ele conhece a ONG. Portanto eu me disponho a ser  um desses elos desta corrente.
Eu estava procurando a peça para esta postagem., achei que teria dificuldades, mas ela representa bem este espírito de ajuda e união.


Indico: Maria Paraguassu: http://pychulin.blogspot.com/
           Meire:http://crystalvisionsmeire.blogspot.com/
           Vera Lucia: http://nuvemdeestrelas.blogspot.com/

É apenas um convite. Sintam-se a vontade em aceita-lo ou não.
As regras estão abaixo, na postagem que transcrevo do blog do Clemente.


"É isso aí, chegou o momento de provarmos que temos verdadeiros amigos, embora virtuais.  Conheci o blog da minha amiga She e nele fiquei sabendo dessa campanha maravilhosa.Fui até o blog da ONG V.A.A. e após conhecê-lo decidi participar dessa campanha, afinal é só eu deixar de tomar UMA CERVEJA que até me sobra uns trocados. Depois disso, como bom aquariano, comecei a imaginar o seguinte:  será que arrumo 3 amigos virtuais que também possam participar dela? Se conseguir e se cada um deles também fôr capaz de arrumar mais 3 amigos virtuais, logo logo teremos uma corrente muito maior do que a do Criança Esperança. Não somos a rede globo, mas nossa força de união e amizade é muito maior e com certeza vamos, todos juntos, fazer a alegria dessas crianças amparadas pela ONG. Bem, em primeiro lugar vou citar aqui os 3 amigos que vou convidar para colaborar. Se todos eles aceitarem meu convite deverão divulgar em seu blog o banner acima e após convidar 3 amigos que ainda não estejam na brincadeira. Em pouco tempo, já que o prazo final é 30 de setembro, vamos conseguir uma boa graninha. Mas como é uma simples brincadeira, peço que se a pessoa convidada não puder, por algum motivo aceitar, diga que não vai pois então quem lhe convidou poderá convidar outro amigo."


Com carinho..
Ma Ferreira

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

PLANETA AZUL



A Bruna  com menos de dois anos, hoje com 17 anos. Está aqui pra enfeitar o meu post.
Quero pra ela e para todos um planeta que realmente seja Azul da cor do mar, azul da cor do céu do lugar onde nasci. Porque o céu do lugar onde ela nasceu, já não está tão azul assim.
Mas eu pinto o céu azul pra ela.

ps: A Marly deixou um comentário dizendo que o chapéuzinho da Bruna lembra a minha peça.
Não é que lembra mesmo? Só agora percebi... sincronicidade...


Em relacão a esta peça acima . É  um dos meus trabalhos preferidos.
Todos dizem que eu deveria anotar os esmaltes que uso na confecção de uma peça.
Eu não faço isso.
Não faço para não cair em tentação de querer fazer duas peças iguais. Ou quase iguais, porque iguais nunca saem.
Algumas eu lembro. Outras como essta eu usei vários esmaltes. Não me pergunte quais..

Vocês acham que eu deveria anotar???


Amo esta musica. Dedico a todos que amam este nosso planeta que pode voltar a ser azul. Depende de mim e de você. Clique para ouvi-la.

Com carinho....

Ma Ferreira

sábado, 20 de agosto de 2011

PEIXES

  



               Peças confeccionadas em argila branca. Esmaltei-as e queimei em baixa temperatura. 980 graus.

30 raios convergem ao centro da roda,
neste vazio está a utilidade da carroça.

Fazemos uma terrina com um pedaço de argila;
o vazio do interior é o que a torna útil.
Construímos portas e janelas para uma habitação,
mas são estes espaços vazios os quem a fazem habitável.

Assim, enquanto nos concentramos no ser,
é no não ser onde está a utilidade.

Lao Tse

Por Ma Ferreira

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

L A B U T A

                             Resultado final do meu trabalho, após a queima em baixa temperatura, 980 graus.
Peça esmaltada entes da segunda queima
     
A imagem desta peça me faz viajar. Nasci no campo onde não existe céu igual. Nunca vi um céu tão lindo como  o da terra onde nasci!!                                         
            
Explicando ( ou tentando ):


O meu trabalho cerâmico passa por duas queimas. O primeiro quando executo a peça em argila. Depois de seca ela vai ao forno para a primeira queima. Chamo-o a esta peça queimada de "biscoito"


Depois da peça "biscoitada" eu faço a arte da pintura na peça. Estando esta etapa da esmaltação concluida ( como na imagem dois ), ela volta ao forno para ser queimada novamente. 


Gostaram??????? 




Um ofício que fosse de intensidade e calma
e de um fulgor feliz E que durasse
com a densidade ardente e contemporâneo
de quem está no elemento aceso e é a estatura
da água num corpo de alegria E que fosse   fundo
o fervor de ser a metamorfose da matéria
que já não se separa da incessante busca
que se identifica com a concavidade originária
que nos faz andar e estar de pé
expostos sempre à única face do mundo
Que a palavra fosse sempre   a travessia
de um espaço em que ela própria fosse aérea
do outro lado de nós e do outro lado de cá
tão idêntica a si que unisse o dizer e o ser
e já sem distância e não-distância nada a separasse
desse rosto que na travessia é o rosto do ar e de nós próprios

.
António Ramos Rosa, in "Poemas Inéditos

A todos o meu desejo de um excelente final de semana!!
             Por Ma Ferreira




                                  

terça-feira, 16 de agosto de 2011

CONTRASTES

Pintei esta peça em prato de argila branca. Queimei em baixa temperatura 980 graus. Ela faz parte de
alguns trabalhos que fiz sobre a região nordeste. Aqui..um ODE a alegria. O Frevo.
OLINDA, É ASSIM QUE TE VEJO !!


                                   ABAIXO A OBRA DE FRIDA KAHLO,  THE DREAM.


cena do filme Frida, um dos mais belos filmes que assisti. 


Frida Kahlo tinha tudo para ter uma vida inexpressiva e vazia. Quando criança não se interessava por artes, teve poliomielite com 6 anos de idade, que lhe prejudicou a perna esquerda e lhe deu o apelido de perna de pau, com 18 anos sofreu um acidente que lhe deixou acamada e com dores por toda a vida e mesmo assim se tornou uma das pessoas mais icônicas e importantes do século 20.


FRIDA FEZ DO SEU DRAMA PARICULAR A SUA ARTE!!



A poliomielite deixa uma lesão no seu pé direito e, graças a isso, ganha o apelido Frida pata de palo (ou seja, Frida perna de pau).
A partir disso, ela começou a usar calças e depois, longas e exóticas saias, que vieram a ser uma de suas marcas pessoais.
Ao contrário de muitos artistas, Kahlo não começou a pintar cedo. Embora o seu pai tivesse a pintura como um passatempo, Frida não estava particularmente interessada na arte como uma carreira.
Em 1925, aos 18 anos aprende a técnica da gravura com Fernando Fernandez. Porém sofreu um grave acidente. Tal acidente fez a artista ter de usar vários coletes ortopédicos de materiais diferentes, chegando inclusive a pintar alguns deles (por exemplo, o colete de gesso na  intitulada “A Coluna Partida”).
Durante a sua longa convalescença, começou a pintar com uma  de tintas que pertenciam ao seu pai, e com um cavalete adaptado à cama.
A sua vida sentimental também parece ter sido muito conturbada, tendo sido casada, por duas vezes, com Rivera, o famoso muralista mexicano, cerca de 20 anos mais velho do que ela.
Nas telas, Frida pintava muito sobre a sua própria realidade: Suas dores físicas, mentais, no casamento, sua admiração pelo povo mexicano e repugnância ao imperialismo norte-americano e europeu, etc.
Vamos agora falar da classificação de sua arte.
Diziam que ela não gostava de ser classificada como surrealista, mentira, apesar de ser ela não aceitava ser classificada como tal (“Pensaram que eu era surrealista, mas não era nunca pintei sonhos, pintava minha própria realidade.”).
Quando conhecemos o mínimo sobre a sua vida vemos que a sua pintura não é incoerente com a realidade, abstrata, fora do normal ou imaginária, ou seja, surrealista
Textos tirados  da internet.

Por Ma Ferreira

domingo, 14 de agosto de 2011

U B U N T U

 Confeccionei esta peça em argila tabaco. Esmaltei apenas a área desenhada. Queimei em alta temperatura, 1.180 graus. Ela faz parte a um conjunto de quatro peças que fiz . Em breve postarei as outras.
                                                                    U B U N T U
                                             A tribo Ubuntu é descendente da etnia Bantu.

Quero dedicar esta postagem a uma querida seguidora Celina Dutra, http://colheitadegirassois.blogspot.com/ e a Sandra Portugal, do blog http://projetandopessoas.blogspot.com/

A Sandra  cedeu o texto a Celina, que cedeu a mim e eu o estou compartilhando com vocês, meus amigos.
Olha que corrente! Este é o espirito   U BUNTU. O compartilhamento.
As duas queridas amigas representam bem este espirito UBUNTU. A Sandra Projeta Pessoas, A Celina a Paz. Bela dupla. Ingredientes para um mundo melhor!!!

Vou aqui "re-postar" na íntegra a postagem da Celina Dutra:


"A jornalista e filósofa Lia Diskin, no Festival Mundial da Paz, em Floripa (2006), nos presenteou com um caso de uma tribo na África chamada Ubuntu.

Ela contou que um antropólogo estava estudando os usos e costumes da tribo e, quando terminou seu trabalho, teve que esperar pelo transporte que o levaria até o aeroporto de volta pra casa. Sobrava muito tempo, mas ele não queria catequizar os membros da tribo; então, propôs uma brincadeira pras crianças, que achou ser inofensiva.

Comprou uma porção de doces e guloseimas na cidade, botou tudo num cesto bem bonito com laço de fita e tudo e colocou debaixo de uma árvore. Aí ele chamou as crianças e combinou que quando ele dissesse "já!", elas deveriam sair correndo até o cesto, e a que chegasse primeiro ganharia todos os doces que estavam lá dentro.

As crianças se posicionaram na linha demarcatória que ele desenhou no chão e esperaram pelo sinal combinado. Quando ele disse "Já!", instantaneamente todas as crianças se deram as mãos e saíram correndo em direção à árvore com o cesto. Chegando lá, começaram a distribuir os doces entre si e a comerem felizes.

O antropólogo foi ao encontro delas e perguntou porque elas tinham ido todas juntas se uma só poderia ficar com tudo que havia no cesto e, assim, ganhar muito mais doces.

Elas simplesmente responderam: "Ubuntu, tio. Como uma de nós poderia ficar feliz se todas as outras estivessem tristes?"

Ele ficou desconcertado! Meses e meses trabalhando nisso, estudando a tribo, e ainda não havia compreendido, de verdade,a essência daquele povo. Ou jamais teria proposto uma competição, certo?

Ubuntu significa: "Sou quem sou, porque somos todos nós!"
 (negritei)

Atente para o detalhe: porque SOMOS, não pelo que temos..."


UBUNTU PARA NÓS!


frase da Celina:  Ma, o mais lindo é que são atitudes de crianças! Podemos acreditar e esperar uma humanidade com mais amor.Alguém disse que a salvação do homem viria da África. UBUNTU, com certeza, resgataria a humanidade. 

Girassóis nos seus dias.
Beijos



Por Ma Ferreira

sábado, 13 de agosto de 2011

ESTRADA

Esta peça não é tão recente. A confeccionei em argila terracota e usei apenas engobe lilás( esmalte com base de argila ) em alguma parte da peça. A área avermelhada é da própria argila. Após este processo, esmaltei com  transparente. Ela pode ser usada como decorativa ou  como utilitária. Pode ser usada como saladeira por exemplo. Pode até ir ao formo, já que passou por uma queima a 980 graus.
Quando eu fiz este desenho menores circulares na peça eu o fiz por fazer..Mas estudando um pouco sobre a Arte Africana, mais especificamente sobre os simbolos, vim a descobrir tratar-se de um simbolo adinkrahene, que simboliza liderança, carisma, grandiosidade. 
Sempre que acontece comigo estas sincronicidades, interpreto como estando no caminho certo. 



POR UMA SEREIA DE TREVA

(página 16)

Sem segredos, melhor que nós
ninguém sabe a morte a dois.
E como heróis subterrâneos que somos
procuramos a vida por entre as trevas
navegamos algas ao amanhecer
para encontrar um irmão pelas mãos

Empresta-me a tua máscara, quero saborear
esta melodia, ter nos olhos a cor.
E antes que o dilúvio se propague
nademos nas profundezas do asco;
talvez surja uma sereia de treva
onde possamos pousar o coração
que em fragmentos se dissolve no iodo
da atmosfera que transportamos às costas

Sem segredos, melhor que nós
ninguém por entre a fresta da porta
da noite apalpa este enigma:
prestar contas ao silêncio dos olhos
e conter a náusea por um instante
ultrapassando o passado hóspede da masmorra
da presente folia ardente transeunte.

Do livro “O agora e o depois das coisas” (1990-1992), publicado em 1997 – edição da AEMO
http://acasadamariazita.blogspot.com/2008/05/poetas-africanos-2_483.html


E por falar em sincronicidade..acabei de buscar no google este poema. Por acaso encontrei no blog de
 uma seguidora minha e claro, de alguns de vocês. O que significa? claro que estou no caminho certo!!


NÃO PODERIA DEIXAR DE DESEJAR UM FELIZ DIA DOS PAIS A TODOS OS PAIS. ESPECIALMENTE AO 

"SEU". JOSÉ DA DONA MARINALVA ( MINHA MÃE É DONA DELE ), COMO MEU PAPY É CARINHOSAMENTE CHAMADO. ESSE GUERREIRO QUE COM TODA SUA HUMILDADE E SIMPLICIDADE SOUBE CRIAR CINCO FILHAS MULHERES SEM ENLOUQUECER. RS.. AO QUERIDO SR. ANTENOR, MEU SOGRO QUE ESTA NA COMPANHIA DE DEUS E AO MEU ESPOSO QUE TÃO BEM SABE DESEMPENHAR O PAPEL DE PAI. SE TODOS OS PAIS FOSSEM IGUAIS A ESTES TRES CERTAMENTE NOSSO MUNDO ESTARIA MUITO MELHOR. 

Com amor,




Ma Ferreira

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

MANDALAS





Temos aqui três exemplos de mandalas, executadas com técnicas diferentes.


Desenhar mandalas não é facil. Exige técnica e paciência. Hoje eu já consigo com algum esforço desenha-las.
A Priscila ( prispaque.blogspot.com ) minha amiga, conselheira, orientadora, professora foi quem desenhou este primeiro trabalho.
Em breve estarei fazendo uma postagem especial sobre ela. 
Neste caso usei esmalte só no desenho. Queimei em alta temperatura, 1.200 graus.


Na segunda eu já consegui elaborar o desenho. Demorou   apenas uns dois dias..rs  Mas saiu..
Confeccionei em argila branca. Peça confeccionada em placa cerâmica ( não torno ). Depois de esmaltar os desenhos passei esmalte transparente. Queimei em baixa..980 graus.


A Terceira, fiz durante uma aula no torno. Esta peça foi torneada. Foi um experimento sugerido por um outro Prof. o Flávio,  que as vezes o chamo carinhosamente de Santo, visto a paciência que ele tem para comigo
nas minhas aulas de torno.
No caso, logo que a peça estava torneada, eu joguei engobe ( engobe é um esmalte feito a base de argila, geralmente usado para fazer fundos coloridos nas peças ). Enquanto o torno girava uma quantidade de engobe ia se espalhando. Eu apenas controlava a quantidade, para dar este efeito monocromático. Usei duas cores de engobes.
Depois foi ao forno para a primeira queima. Voltou e eu apenas passei esmalte transparente para dar acabamento acetinado. Foi para queima em baixa temperatura.


Qual a diferença de peças queimadas em baixa ou alta temperatura?
As em alta temperatura ficam mais resistentes. A coloração da argila também muda. Existem esmaltes específicos para este tipo de queima. 


Eu tenho um ritual para a confecção de mandalas: o desenho sempre começo do centro e vou expandindo. Numa deixo uma mandala por terminar. Só ai, depois de pronta é que começo a desenhar outra.

"Nas formas geométricas do mandala  que na maioria das vezes criam as vibrações numéricas, encontramos sempre um simbolismo, à medida que a observamos. Se uma simples observação é importante, imagine a confecção ou a pintura de uma mandala.

O exercício de pintar uma mandala é uma forma de meditação. Aonde quer que essa meditação o leve, seja o que for que tenha vivencie, o que encontrar só pode ser você mesmo e as suas criações. Todas as experiências, pensamentos, idéias, sonhos e imagens interiores serão sempre o reflexo de nós mesmo. Ao repetir esses exercícios, muitas vezes, com o tempo o seu interesse pelas próprias divagações também diminuirá e você penetrará cada vez mais no centro (no seu e no da mandala)." www.lyndha.com. 


Ps.: em comentários: "


"Terra e céu se fundem,
o Homem e o Cosmos
Meditação
Arte ZEN
Contemplação!

       Elisa T.Campos  - http://pintandohaikai.blogspot.com/


http://www.youtube.com/watch?v=vKi37Mf5Icg&feature=

 Boa Meditação..

Om Santhi!

Ma Ferreira



quarta-feira, 10 de agosto de 2011

KAMBA!!

CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIA-LA
 Gente..olha isso!!!! Foto Montagem da minha "Africanas" tenho ao fundo Tela de Vino Morais, artista plastico Angolano, residente em Portugal. http://vinoartes.blogspot.com/
Peça modelada em placa de argila tabaco com chamote. Esmaltei e queimei em alta temperarura, 1.180 graus. Clique na imagem para ve-la ampliada.


Nem sei por onde começar a escrever este texto. Parei por alguns momentos e confesso que ainda não sei..rs
Quem me acompanha sabe do carinho, respeito e admiração que tenho pelo Vino.


Eu sempre digo que visitar seu blog é visitar uma verdadeira galeria de arte.


Refletindo sobre o que faz a arte e usando uma  frase que tirei do blog dele: " A ARTE NÃO SE EXPLICA, SENTE-SE .."  digo, "A Arte diminui  distancias.."


R.R. Barcellos..em um dos seus comentários: "R. R. Barcellos disse...





A arte - sob qualquer de suas manifestações - é um fator determinante na promoção da união entre os homens. Seja por parte de quem a cria, seja por parte de quem a vê e sente. Artistas, enquanto artistas, não têm bandeira, não têm fronteiras, não têm ideologia. São livres, tanto quanto podem sê-lo nesse mundo cheio de jaulas, gaiolas e cadeias.
A arte é uma chave que só gira em um sentido: o de abrir."
m

VINO MORAIS

UM FILHO DE ANGOLA

TCHINGANGE KAMBA
                           Ma Ferreira



Com carinho,







segunda-feira, 8 de agosto de 2011

BETH SHIROTO YEN, Por Ma Ferreira



FLOR DE LOTUS : CONFECCIONEI ESTA PEÇA COM PEQUENAS PLACAS EM ARGILA  MARFIM, ESMALTEI E QUEIMEI EM BAIXA TEMPERATURA, 980 GRAUS. FICOU ZEN!


Momentos.. By Beth Shitoro Yen  http://bethshirotoyen.blogspot.com/
Pratos de criação da ceramista Beth Shiroto Yen, participante do evento a ser realizado em São Paulo em 20/08/2011, das 12 as 16 hs. no Restaurante Quintal do Bras, localizado na Rua Gandavo, 447, Vila Mariana,  onde você almoça e leva o prato para casa.. O custo deste almoço é de R$150,00. por pessoa..
Quem não gostaria de ter em casa um prato assinado pela Beth? 
Toda a renda deste evento será revertida para o Movimento Comunitário Estrela Nova, ONG situada em Campo Belo.
Informações e reserva de convites no e-mail da Beth: bethyenbr@gmail.com


Beth é ZEN. Zen como suas obras artísticas. Zen pelo seu jeito meigo ao lidar com todos que a cerca,  ZEN como seus girassóis.
Sou muito feliz por ter conhecido a Beth. Já ouviram falar na expressão: Gente que é Gente?
A Beth é Gente que é Gente, Gente que acrescenta. 






Um estudante de Zen foi ter com Bankei e queixou-se:
- Mestre, Tenho um temperamento ingovernável. Como posso curá-lo?
- Tens uma coisa muito estranha, replicou Bankei. Mostra-me lá então isso que tens.
- Neste preciso momento não lhe posso mostrar, respondeu o outro.
Acontece inesperadamente!…, respondeu o estudante.
- Então, concluiu Bankei, não deve ser a tua verdadeira natureza.
Se fosse, podias mostrar-me em qualquer altura.
Quando nasceste não o tinhas e não foram os teus pais que to deram.
Pensa nisso
.



Com carinho.

Ma Ferreira


domingo, 7 de agosto de 2011

U N I D A D E

Peça torneada em argila creme, ao fundo engobe preto e um mix de tons vermelhos, amarelo, laranja. Queimei em baixa temperatura, 980 graus.



U N I D A D DE

“Ninguém é superior ou inferior. Somos são irmãos. Todos deveriamos nos empenhar pelo interesse de todos e progredirmos coletivamente. Que haja unidade em nossas resoluções, corações e mentes. Que a força para viver em cooperação mútua seja firme em todos nós. Que todos vivam em harmonia ajudando uns aos outros assim como os raios de uma roda conectando a borda ao centro. Esta é uma família global. Não há distinção entre homem e homem. É uma equipe de trabalho.”

Brahma Kumaris, Suredan





Por Ma Ferreira

sábado, 6 de agosto de 2011

BIRD IN THE NIGTH

Peça modelada em argila terracota e queimada a 980 graus.

A Paula Fernandes é muito fofa!!! Adoro!!



A noite envolve a ave em seu voo noturno.
Onde irá outros seres seguirão para ouvir seu canto.
Conduz o encanto aonde falta a luz
e com seu canto a todos seduz, cada um a seu turno.
Líder de quem estiver a seu lado,
o Pássaro da Noite ouve o pranto:
no prato  a noite será eterna e terna.
                          André Martin ( http://famainfame.blogspot.com/)
                                                  ( http://mesdre.blogspot.com/ )


Eu estava a procura de um poema para complementar esta minha postagem. Até perguntei a alguns amigos se tinham alguma texto pronto que casasse com ela.Nao encontrei.  Foi ai que o Andre gentilmente aceitou o desafio escrevendo de bate-pronto este lindo poema. A ele o meu agradecimento e reconhecimento pelo seu talento nesta sua arte da escrita  Aproveito para parabeniza-lo pelo seu aniversario. Que Deus lhe conceda todo o ingrediente  necessario para sua felicidade. 


O meu desejo de um bom final de semana a todos!


Por Ma Ferreira


         





















quinta-feira, 4 de agosto de 2011

CIBELE NAKAMURA NO PROJETO O PRATO É SEU, POR MA FERREIRA!

Esta escultura eu confeccionei num Workshop, realizado no Espaço Key em São Paulo, ministrado pela Artista Plastica, Ceramista Cibele Nakamura.
Sem duvida esta Escultura é um dos meus trabalhos que eu mais gosto.
.
Esta escultura é minha. Vai para o meu novo lar. Vou escolher um lugar especial para ela.
Podia te-la esmaltado. Mas preferi deixa-la assim. Natural.


Agradeço imensamente a Cibele pela sua delicadeza e competência na arte de ensinar. Pelo carinho e atenção ( e paciência ) para comigo. Resultado: Objetivo atingido.
 Pratos criação de Cibele Nakamura para o Evento O Prato é seu a ser realizado em São Paulo, em 30/08/2011.



Toda a renda deste evento será revertida para o Movimento Comunitário Estrela Nova, ONG situada em Campo Belo.
O Evento será realizado no Restaurante Quintal do Bras. O endereço no folheto acima.


Você almoça e leva o prato para casa. Tudo de bom.


Informações e reserva de convites no e-mail da Cibele: cibelenakamura@hotmail.com
ou.http://cibelenakamuraarteceramica.blogspot.com

Além do belo almoço, do prato, o mais importante é ajudar este Movimento Comunitário.


Parabéns pelos organizadores e a Cibele.  O mundo esta precisando de gestos como este.


Meu carinho, sempre..


Ma Ferreira