QUEM SOU

Minha foto
São Paulo, SP, Brazil
MA FERREIRA, mulher, mãe, esposa, pedagoga por formaçao, ceramista de coração. Amante da vida e das artes. Acredito que somos a mudança que queremos no mundo. Sou uma pessoa que acredita nas pessoas e na construção de um mundo melhor. Acredito que cada pessoa está onde deveria estar. Acredito que estamos na terra para evoluir. Acredito que o ser é muito melhor que o ter. Acredito numa força divina. DEUS!!!

Seguidores

BLOGS QUE PARTICIPO

  • www.mdfbf.blogspot.com
  • www.ceramicaconteporaneabrasileira.blogspot.com
  • contato: mdfbf@uol.com.br

quinta-feira, 3 de maio de 2012

MIRÓ E O ACASO

                                               Cliquem nas imagens para vê-las ampliadas!  



NA REALIZAÇÃO DESTE TRABALHO ME INSPIREI EM MIRÓ, ESCULTOR, CERAMISTA E PINTOR ESPANHOL, UM OS PRINCIPAIS REPRESENTANTES DO SURREALISMO.
                                        
O Carnaval do Arlequim, de Joan Miró (1893-1983).



Esta obra datada de 1924/25, segundo o próprio Miró, revela de forma inconfundível o seu estilo pessoal. Para a pintar, Miró afirma que fez inúmeros desenhos, nos quais exprimia as suas  alucinações provocadas pela fome. "Chegava a casa sem ter jantado, e anotava todas as sensações no papel". A pintura representa um quarto, com uma mesa e uma janela, mas o que nele se destaca sãos elementos oníricas que uns identificam como uma referência ao mundo das crianças, e outros atribuem à influência do surrealismo na sua obra. Estamos convencidos que se trata de uma retrato irónico da nossa sociedade, onde um permanente espectáculo nos faz esquecer a degradação humana atinge a maior parte da humanidade ."É essencial ter os pés firmemente plantados no chão para nos podermos lançar no espaço". Miró




FONTE: http://afilosofia.no.sapo.pt/galeria.htm

Olá turminha!!!

Este trabalho está semi acabado. Ainda não sei se a montagem final será esta. Mas tem grande chance de ser.


A Primeira fase da criação da peça ceramica é a PARTE EM QUE VOCÊ TRABALHA COM ARGILA AINDA CRUA. Fiz uma placa em argila terracota e a modelei manualmente.   Depois desta etapa precisamos esperar alguns dias até que seque naturalmente.     Depois de totalmente seca, a peça  vai forno pela primeira vez.


Fiz a criação dos desenhos   e depois a arte da pintura.  
Levei-a ao forno novamente,. Queimei a 1.100 graus.


Pois bem...


Acontece que antes de ir ao forno, depois de pinta-la, por um descuido meu ou uma "forcinha" lá de Cima, ela quebrou-se. Minha obra virou duas..rsrs


Eu poderia te-la descartado. Exercitado o desapego.


Mas resolvi queima-la. Pelos menos eu veria o o comportamento de alguns esmaltes que utilizei na argila terracota, pois tenho usado nos meus últimos trabalhos  as argilas de cor  tabaco e  creme.


Gostei muito do resultado.


Fiz uma montagem da cerâmica sobre uma tela.


Já tinha pensado em realizar esta experiencia... mas precisei que o detino me desse uma forcinha!!


Bom..ai está... um trabalho pictórico na ceramica que irei montar sobre uma tela.


Gostaram?


Por Ma Ferreira